Carla Martinez

aprender-ingles-professor-particular-trauma-bloqueio

dicas de estudos

Speaking

Falar inglês é provavelmente a maior das dificuldades de quem estuda, principalmente por causa da vergonha e do medo de errar. 

Se esse é o seu caso, essas dicas aqui podem te ajudar:

1- Ouça inglês com mais frequência e imite o que as pessoas falam. Não só ajuda a ampliar seu vocabulário, mas a identificar sons diferentes e aprender a pronúncia correta das palavras e expressões.

O site TED.com tem a aba Transcript onde você pode ler e ouvir ao mesmo tempo, clicando na frase para repetir junto com ela.

2- Aprenda frases prontas no começo, se você tem medo de construir suas próprias frases. Praticá-las o máximo que puder vai te dar mais confiança para falar desde o começo do seu aprendizado.

O app English Conversation Practice tem muitos diálogos com frases prontas e exercícios para você se colocar no lugar de um dos interlocutores.

 3- Crie scripts do que gostaria de falar. Vai participar de uma reunião? Antecipe o que você poderia ter que falar. Vai viajar? Prepare conversas que você pode ter na imigração, no aeroporto, no saguão do hotel, nos restaurantes, nas lojas, no Uber… Treine no gravador do seu celular até sentir segurança no que está pronunciando.

Pratique o máximo que puder; quando as situações acontecerem, você já estará preparado para a maioria delas e não precisará confiar na sua memória – que possivelmente vai falhar se você não usa aquelas palavras/frases há muito tempo.

4- Fale mais devagar. Um grande obstáculo é achar que você precisa imitar o sotaque carregado e a maneira acelerada de falar dos falantes de inglês como primeira língua. Acontece de muitas vezes as pessoas não entenderem e você achar que está falando besteira, quando na verdade pronunciar mais lentamente já resolveria o problema. 

É claro que existe um ritmo na conversa, entonações importantes nas perguntas e negativas, por exemplo. Mas fale no seu ritmo e terá mais segurança para conversar.

5- Converse com pessoas de outros países. Em apps como ELSA, HelloTalk e Idyoma, você pode conhecer estrangeiros que queiram aprender português e que possam ensinar inglês. Há mensagens de texto e de voz. 

Lembre-se que na maioria das ocasiões, o mais importante é ser compreendido e conseguir conversar.